Diário de uma pasteleira portuguesa a pasteleirar por aí...
Sábado, 8 de Outubro de 2005
Hogar dulce hogar
HPIM0108.JPG Já estou em Sevilha, na minha casinha! É sempre com uma sençasão agri-doce que saio de Portugal, por um lado custa sair do ninho, mas também já tinha saudades disto aqui. Como podem ver pela foto, quando eu digo que ando com a casa às costas, não estou a exagerar muito, foi nesses preparos que fiz a viagem. Mas ia sossegadita à larga num banco só para mim. Primeira paragem: Évora. Apesar do autocarro ir quase vazio e de as outras pessoas irem à larga (sem carradas de sacos e malas que tive de levar ao colo), a única pessoa que entrou nesta paragem foi-se precisamente sentar ao meu lado! Era uma freira, por isso decidi tomar como um elogio, penso que foi devido à minha cara de boa pessoa (cof cof). Quer dizer, se for para me voltar a por nestes apertos (literalmente) não sei até que ponto não será melhor ter a cara menos amigavél... Pronto, depois de passar por Badajoz, lá parámos numa estação de serviço onde aconteceu um fenómeno que me encanta nas viagens: A troca de autocarros. Não há de facto melhor que a meio do trajecto, pegar na malas e voltar a carregá-las para outro autocarro ainda menos confortável. Claro isto sempre acompanhado de comentários sobre o morto que devo levar dentro das malas, pelos motoristas. Ah ah ah, que engraçadinhos que eles são! Finalmente cheguei a Sevilha, onde já tinha a minha comitiva de recepção (as minhas mulheres e um dos meus homens) à espera para ajudar com as malas. Há 2 anos quando vim pela primeira vez, chegar a Sevilha era chegar ao desconhecido, agora chegar a Sevilha é chegar a casa! Antes vinha só carregada com as malas, agora além das malas, carrego também todas as memórias do que já vivi aqui. É uma boa sensação... Ontem já tive a apresentação na escola. Foi óptimo ver toda a gente de novo. E como o dia não foi suficiente para matar tantas saudadinhas e contar tantas histórias dos respectivos Verões, fizemos uma pequena festa de abertura da temporada, aqui em casa. Hoje é portanto dia "de perro", que é como quem diz, não fazer nada. Ainda há umas coisitas para arrumar, mas o grande plano é não perder muito de vista o sofá!... E pronto, por agora é tudo. Volto a dar noticias em breve, quando voltar ao batente. Xau!


publicado por Rita Pastelerucha às 15:21
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
procurar doces no blog
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28


doces recentes

Era uma vez uma quinta...

We'll allways have Paris....

Um brinde...

Se não tiverem paciência ...

E lá fui eu otra vez!

Abram alas para o Noddy!

Arcaz Velho

Há quem compre carros, eu...

25 cm é muito?

A barata diz que tem...

Às vezes tenho tanta fome...

Barcelona!

Mais uma churrascada...

Eu é mais bolos...

Estavam boas estavam...

doces antigos

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

tags

todas as tags

links
gulosos
Free Hit Counters
Hit Counters
mais gulosos
gulosos do mundo
translate me
termómetro
Click for Lisboa, Portugal Forecast
blogs SAPO
subscrever feeds