Diário de uma pasteleira portuguesa a pasteleirar por aí...
Quinta-feira, 6 de Outubro de 2005
Sou um caracol!

HPIM0092.JPG E se eu fosse um animal o que seria?... A resposta em véspera de viagem é clara: um caracol! Os pobres bichinhos são subestimados, que isto de andar com a casa às costas não é fácil. Ah pois é, amanhã lá me esperam umas 10 horitas de viagem pelas belas estradas do sul da península. Hoje foi portanto dia de despedidas. Com tanta volta que dou, as despedidas começam a ser uma rotina. As perguntas são as de sempre: Como é que vais? Quanto tempo demoras? Então quando voltas? Claro, o rol de perguntas termina sempre com a infalível: Diz qualquer coisa quando chegares. Para os mais curiosos aqui ficam as respostas às perguntas anteriores: Como vou? De autocarro, porque desde que o meu carrito bateu as botas tive de buscar soluções alternativas. Quanto tempo demoro? Vou sair de casa às 7h da madrugada por causa do trânsito, mas só vou apanhar o autocarro às 9h30. Chegarei a Sevilha às 18h (hora local). Façam vocês as contas… Quando volto? Em princípio só no Natal. Na 6ª-feira já tenho a apresentação na escola, com os discurso da praxe do director e professores, distribuição de horários e claro, o mais importante, rever os amigos. As aulas mesmo a sério só começam na 2ª-feira, mas no fim-de-semana há muitas coisas para fazer, arrumar, comprar, enfim… E pronto assim se acabam umas férias tranquilas para recomeçar a ter dias em que vou precisar do som do despertador para acordar. Tudo o que é bom acaba! Na foto estou com a Cláudia e o Paulo, dois amigos desses de longuíssima data. Tão longa que já começa a ser embaraçoso contar há quantos anos nos conhecemos. Isto foi há uns dias enquanto tomávamos um cafezito para a despedida, com mais outros amigos. É que a menina Cláudia queixou-se que tenho muitas fotos no blog, mas nenhuma dela. A moça tem a mania da fama, o que se vai fazer?!... Para ela, e para todos os outros amigos (os que vi e os que não vi) aqui ficam muitos beijinhos já com saudaditas. E sim, eu digo qualquer coisa quando chegar!



publicado por Rita Pastelerucha às 00:02
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De Anónimo a 7 de Outubro de 2005 às 00:25
Foto gira esta no teu blog. Estou BABADÍSSIMA... :) Podias era ter aproveitado e ter tirado os olhos vermelhos pois branca como a cal como sou e de olhos vermelhos, pareço uma vampira! Mas o meu "marido" está muito bem! E tu também, as always!

Gostei do post e obrigada pelo toque à chegada :) Percebi-te!!!

Beijinhos e bom regresso às aulas!Cláudia Pinto
</a>
(mailto:clauvep@hotmail.com)


Comentar post

mais sobre mim
procurar doces no blog
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28


doces recentes

Era uma vez uma quinta...

We'll allways have Paris....

Um brinde...

Se não tiverem paciência ...

E lá fui eu otra vez!

Abram alas para o Noddy!

Arcaz Velho

Há quem compre carros, eu...

25 cm é muito?

A barata diz que tem...

Às vezes tenho tanta fome...

Barcelona!

Mais uma churrascada...

Eu é mais bolos...

Estavam boas estavam...

doces antigos

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

tags

todas as tags

links
gulosos
Free Hit Counters
Hit Counters
mais gulosos
gulosos do mundo
translate me
termómetro
Click for Lisboa, Portugal Forecast
blogs SAPO
subscrever feeds