Diário de uma pasteleira portuguesa a pasteleirar por aí...

Terça-feira, 30 de Outubro de 2007
Fui para fora cá dentro (visita do Lazslo)

 

  Aqui estou e um dos meus "maridos" que arranjei ainda no País de Gales. O Lazslo que eu já tinha ido visitar à Hungria, veio retribuir a visita. Veio pouco tempo depois de eu ter voltado e ainda aproveitou um belo calorzinho. "Obrigou-me" a fazer turismo, eu que ando de um lado para o outro "lá fora", desta vez calhou-me andar de um lado para o outro "cá dentro". Corremos as capelinhas turisticas todas aqui da zona e sabem uma coisa? Soube tão bem! Que país tão simpático que temos!

  A maior parte de nós só damos estas voltas ainda em visitas de estudo nas escolas, depois deixamos de ter tempo, paciência ou então nem reconhecemos a importância ou beleza de certas coisas, porque as vemos todos os dias ou então porque infelizmente temos uma cultura de "a galinha do vizinho é sempre melhor que a minha" tão enraizada que não percebemos o quão sortudos somos.

  Vá lá, sacrifiquem umas horitas de sono ao fim-de-semana e vão passear para a Baixa, apanhem o eléctrico 28 e subam até ao castelo de São Jorge, comam pastéis de Belém enquanto apreciam os monumentos circundantes, vão ao centro de Cascais e também à marina para verem bem toda a a baía, subam a pé até à Boca do inferno. Passem pelo Guincho a caminho do Cabo da Roca e fiquem lá sentados só a admirar "onde acaba a terra e começa o mar"... E claro Sintra é sempre Sintra e os travesseiros da Piriquita são sempre os travesseiros da Piriquita!

  Pronto, pronto também não digo para fazer tudo isto só num dia mas aproveitem o fim-de-ano próximo e apontem na vossa lista de coisas para fazer em 2008, não se vão arrepender!  Afinal de contas vêm pessoas de todo o mundo para ver estas coisas, e nós aqui tão perto...

  O Lazslo foi-se embora a meio de Outubro e só resta dizer que ele adorou e a mim soube-me mesmo a férias!

 



publicado por Rita Pastelerucha às 17:31
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 3 de Agosto de 2007
"Desvorciada"

 

  Hoje foi-se embora o meu inglês Karl... Lembram-se de vos dizer que tinha aqui dois maridos? Do meu marido hungaro já me tinha divorciado há uns meses quando ele se foi embora, mas agora que se foi este também é que estou mesmo divorciada de vez... Ou como diria a minha avó, alentejanita de gema, "desvorciada"...


tags:

publicado por Rita Pastelerucha às 16:19
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 6 de Julho de 2007
Budapeste (Hungria)

 

  Parece impossivel que faz hoje uma semana ainda estava na Hungria com o meu amigo Karl a laurear a pevide pelas margens do Danubio e agora já voltei à vidinha trabalhadora de sempre. Mas sem dúvida que esta pausa me soube muito bem.

  A cidade é linda, na verdade são duas cidades, Buda e Pest, cada uma numa margem do rio que se uniram no século passado para dar origem à cidade que é hoje Budapeste. Foi optimo ver o Laszlo de novo e o facto de termos um guia nativo fez com que para além da rota tipica turistica pudessemos ter uma idea real da vida hungara.

  Aconselho vivamente uma visita, é uma cidade enorme com imensas coisas para ver e fazer, bonita e barata. Por enquanto ainda não têm euros (vão ter em 2010), portanto aproveitem agora antes que os preços subam!

  Fartamo-nos de passear, de comer e principalmente de rir, que foi o mais importante. O pior foi mesmo voltar a casa e passar 8 horas no aeroporto de Manchester à espera do comboio para a santa terrinha onde vivemos.

  Vejam as fotos no meu espaço msn e digam lá se não tenho razão!



publicado por Rita Pastelerucha às 17:27
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Sexta-feira, 4 de Maio de 2007
Dona Rita e seus dois maridos

  Como sabem já tenho 2 mulheres, as espanholas com quem vivi em Sevilha, agora aqui para seguir a tradição bigama arranjei 2 maridos! Eu, o inglês Karl e o hungaro Laszlo que vivem e trabalham comigo tornámo-nos em pouco tempo inseparavéis e eles são defenitivamente a minha família aqui.

  Aqui estamos os 3 de visita à cidade vizinha de Conwy que tem um porto e um castelo medieval. Não é sempre que nos podemos dar ao luxo de ter dois moçoilos a cuidar de nós e que ainda por cima nos fazem rir o tempo todo. Vá roam-se de inveja meninas!

  Mas infelizmente nem tudo são rosas... Tenho um divorcio eminente, o meu hungaro vai-se embora dentro de dias. Bom, sempre me resta o inglês e as minhas mulheres, portanto não me posso queixar, além disso na divisão de bens eu fiquei com a casa, lol!



publicado por Rita Pastelerucha às 18:00
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

mais sobre mim
procurar doces no blog
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28


doces recentes

Fui para fora cá dentro (...

"Desvorciada"

Budapeste (Hungria)

Dona Rita e seus dois mar...

doces antigos

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

tags

todas as tags

links
gulosos
Free Hit Counters
Hit Counters
translate me
termómetro
Click for Lisboa, Portugal Forecast
blogs SAPO
subscrever feeds