Diário de uma pasteleira portuguesa a pasteleirar por aí...

Sexta-feira, 30 de Março de 2007
La graduación en Sevilla!

... E foi como se o tempo não tivesse passado. Foi como se todos nos tivessemos visto no dia anterior, foi como se nunca tivesse deixado aquela cidade, foi como eu esperava que fosse... foi lindo! Mas foi tão rápido!...

  Foi a minha "queima das fitas", ou como se diz por aqueles lados, "la graduación". Tivemos direito a estas fitas verdes lindíssimaaaaaaas e nada parolas e claro os nossos diplomas. Depois da cerimónia, dos beijos e abraços, dos sorrisos, das fotos e dos resumos destes 9 meses que estivemos separados veio a melhor parte. Fomos todos vestir roupa de "pessoas normais" e encontrámo-nos no bar da esquina de sempre, como sempre faziamos depois das aulas. Foi tão bom!

  Acho que bati o meu record: 4 países em 2 dias, para estar presente. Fiz milhares de quilómetros, muitas horas em comboios, aviões, carro, mas valeu a pena! E a minha Ana Maria foi comigo para partilhar este momento e claro para ficar toda babada da filhota!

 



publicado por Rita Pastelerucha às 14:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2007
Mi Sevilla!

  De volta à minha Sevilha, mas só por 2 dias. Tive de ir à escola entregar o projecto de fim de curso e aproveitei para ver os amigos que por sorte estavam por ali de férias. Afinal eu não sou a única maluca que gosta de andar a saltitar por aí, a Sílvia esta agora na Escócia, o Alberto (em cima) acabou de voltar da Tunísia e o outro Alberto (em baixo) está na Irlanda.

  Foi tão bom estar de volta, Sevilha continua linda e nem acredito que passaram 8 meses desde que me vim embora. Parece que lá tinha estado na semana passada... Passei pela minha antiga rua, a minha casa estava toda fechada. Deu-me muitas saudades dos óptimos momentos que passei ali e de todas as pessoas que fizeram tanto parte da minha vida. Mas é mesmo assim, agora há outra etapa que começa, mas Sevilha será sempre "mi Sevilla" e estará sempre ali para ser visitada.


tags:

publicado por Rita Pastelerucha às 18:32
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Terça-feira, 9 de Maio de 2006
A Feria

  Ora aqui está uma imagem típica da famosa Feria de Sevilla: As senhoritas, vestidas com os seus melhores trajes de "gitana" a bater as palminhas... Enfim, sevilhanices... O ano passado conheci a feria "por fora", saltitando de caseta em caseta, comendo "pescadito frito" e bebendo mojito. Este ano conheci a feria "por dentro", ou seja, trabalhei na cozinha de uma caseta.

  É um trabalho um pouco duro, são muitas horas por dia. Aguenta-se, porque é só uma semana, o horário era das 11h às 2h. Claro está que acabei "HASTA ER COÑO" da feria, que é como quem diz, um bocadito farta. Farta das músicas, das sevilhanas vestidas con vestidos de bolas, dos sevilhanos vestidos com calças até aos sovacos, dos cavalos (sim, que não faltem os cavalos e as respectivas carruagens), da comida que se servia, de tudo!

  No meio disto, ainda para alegrar a semana, fiquei completamente afonica! Não é que estivesse um bocado rouca, nããããão! É que não me saíam sons pela boca! A mim, a mim, que não gosto nada de falar! Que trauma, tinha de bater palmas para chamar à atenção dos empregados de mesa a avisar que já tinham os pratos preparados!

  Mas pronto, passou e a minha vida rapidamente voltou ao normal. E a contagem decrescente para acabar a escola começou...

 

 

 



publicado por Rita Pastelerucha às 13:29
link do post | comentar | favorito

Sábado, 8 de Outubro de 2005
Hogar dulce hogar
HPIM0108.JPG Já estou em Sevilha, na minha casinha! É sempre com uma sençasão agri-doce que saio de Portugal, por um lado custa sair do ninho, mas também já tinha saudades disto aqui. Como podem ver pela foto, quando eu digo que ando com a casa às costas, não estou a exagerar muito, foi nesses preparos que fiz a viagem. Mas ia sossegadita à larga num banco só para mim. Primeira paragem: Évora. Apesar do autocarro ir quase vazio e de as outras pessoas irem à larga (sem carradas de sacos e malas que tive de levar ao colo), a única pessoa que entrou nesta paragem foi-se precisamente sentar ao meu lado! Era uma freira, por isso decidi tomar como um elogio, penso que foi devido à minha cara de boa pessoa (cof cof). Quer dizer, se for para me voltar a por nestes apertos (literalmente) não sei até que ponto não será melhor ter a cara menos amigavél... Pronto, depois de passar por Badajoz, lá parámos numa estação de serviço onde aconteceu um fenómeno que me encanta nas viagens: A troca de autocarros. Não há de facto melhor que a meio do trajecto, pegar na malas e voltar a carregá-las para outro autocarro ainda menos confortável. Claro isto sempre acompanhado de comentários sobre o morto que devo levar dentro das malas, pelos motoristas. Ah ah ah, que engraçadinhos que eles são! Finalmente cheguei a Sevilha, onde já tinha a minha comitiva de recepção (as minhas mulheres e um dos meus homens) à espera para ajudar com as malas. Há 2 anos quando vim pela primeira vez, chegar a Sevilha era chegar ao desconhecido, agora chegar a Sevilha é chegar a casa! Antes vinha só carregada com as malas, agora além das malas, carrego também todas as memórias do que já vivi aqui. É uma boa sensação... Ontem já tive a apresentação na escola. Foi óptimo ver toda a gente de novo. E como o dia não foi suficiente para matar tantas saudadinhas e contar tantas histórias dos respectivos Verões, fizemos uma pequena festa de abertura da temporada, aqui em casa. Hoje é portanto dia "de perro", que é como quem diz, não fazer nada. Ainda há umas coisitas para arrumar, mas o grande plano é não perder muito de vista o sofá!... E pronto, por agora é tudo. Volto a dar noticias em breve, quando voltar ao batente. Xau!


publicado por Rita Pastelerucha às 15:21
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 20 de Abril de 2005
De tapeo y de tiendas
IM003601.JPG Hoje depois das aulas fui almoçar "de tapeo", que é como quem diz fui comer tapas. Tapa é o nome que se dá as tampas aqui, começaram a surgir quando nos bares se punha um pires em cima dos copos de bebidas para que não lhes caíssem moscas dentro. Mais tarde nesse pires começou-se a por pequenas porções de comida e assim nasceram o que é hoje uma das paixões dos nossos amiguitos espanhóis. A foto é do síto onde comemos, "El Patio", reparem na quantidade de "bocadillos" (sandes de tudo e mais alguma coisa) amontoados em cima uns dos outros detrás do balcão! Depois do almoço tive tarde de compras, mas infelizmente compras alheias. Não sei porque o meu amigo David imaginou que eu percebia alguma coisa de computadores, mas hoje tive de o acompanhar a comprar um. Depois de umas voltinhas básicas pelo Corte Inglês ele lá se decidiu e seguimos para outras "tiendas". No final da tarde e para comemorar as suas novas aquisições e porque o calor já aperta, fomos comer um geladinho à Raya, que é a melhor geladaria de Sevilha. E agora vou estudar Francês parce que demain j'ai un test. Au revoir!

tags:

publicado por Rita Pastelerucha às 22:31
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Domingo, 17 de Abril de 2005
La Feria e la flor
1 014.jpg Esta semana tive férias, como sempre são férias relativas porque temos de trabalhar até 50% dos dias. A semana de férias deveu-se à famosa Feria de Sevilha, toda a cidade para, escolas e empresas fecham e as lojas só abrem de manhã. Tudo isto para que todos possam vestir os seus trajes e ir para o recinto da feria beber rebujito e dançar sevilhanas. Eu trabalhei de segunda a quarta e os outros dias tenho estado por aqui e claro fui conhecer La Feria! Então é assim, um grande recinto cheio de casinhas decoradas com motivos andaluses (casetas), onde se servem comidas tipicas (jamón serrano, tortilla de patatas, pescaíto frito, pimientos fritos, montaditos de lomo, etc) e o rebujito (bebida feita com manzanilla- um vinho branco muito suave- e seven-up) e claro com muita musica. Eu claro, não tinha traje, o da foto anterior é da Alicia. Sabem que estes vestidos são caríssimos? O preço pode ser de 400 euros ou mais. Mas para dar um ar de festa, pus uma flor no cabelo, acessório indispensavél para a ocasião. Escolhi uma pequenina e discreta porque era só mesmo pela graça. A flor deve usar-se com o cabelo preso no topo da cabeça ou então de lado, mas por baixo da orelha e não por cima. Isto explicou-me a Alicia, que é andalusa de gema. Diverti-me muito na feria, apesar de ter ido só 1 dia, há gente que vai toda a semana durante todo o dia, os sevilhanos vivem isto com muita paixão. Nas lojas só se vêm flores, mantilhas, peinetas e outros acessórios, nos supermercados vedem kits de rebujito, as carroças de cavalo substituem os carros em várias ruas, a portada da feria (a entrada que todos os anos é diferente) é discussão em todas as esquinas, enfim... Espero que no próximo ano possam vir e ver ao vivo toda esta animação. Hoje já acaba e amanhã já tenho aulas (semana de teoricas com 2 testes), por isso vou-me por a fazer os trabalhos de casa como uma boa menina. Besitos! Ps- Todos os anos a feria demora 3 meses a ser montada e 3 meses a ser desmontada, perguntei então porque não se deixa montada de uns anos para os outros. É para criar postos de trabalho, interessante...


publicado por Rita Pastelerucha às 14:59
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 16 de Abril de 2005
O Princípio
1.jpg Depois de alguns pedidos decidi criar este blog, que para quem não sabe é como um diário. Desta maneira posso ir contando as minhas aventuras por terras de "nuestros hermanos" sem vos encher as caixas de correio com mails gigantescos. Ainda estou a tentar perceber como funciona isto, mas dentro de poco vai estar totalmente operacional e podem vir cuscar a minha vida sempre que vos apetecer (a minha mãe vai adorar, tenho a certeza)! Hoje deixo-vos com uma foto minha vestida de "gitana". Beijinhos para todos e espero que gostem da ideia!

tags:

publicado por Rita Pastelerucha às 10:59
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

mais sobre mim
procurar doces no blog
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28


doces recentes

La graduación en Sevilla!

Mi Sevilla!

A Feria

Hogar dulce hogar

De tapeo y de tiendas

La Feria e la flor

O Princípio

doces antigos

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

tags

todas as tags

links
gulosos
Free Hit Counters
Hit Counters
translate me
termómetro
Click for Lisboa, Portugal Forecast
blogs SAPO
subscrever feeds